segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Novo Mundo...Renovar é preciso, mas como?

Genteeee...hoje em minha ociosidade criativa, comecei a refletir em renovação.E comecei a constatar como o novo mundo não está só na forma do novo testamento, nem em localização geográfica ou em disputa capitalista, muito menos ou somente no que diz respeito a corrida tecnológica... mas nas relações e no individualismo. Não no sentido egocêntrico da palavra , mas na questão indivíduo em constante readaptação. As pessoas tem suas preferências, seus pré-conceitos , mesmo que não declarados... mas está sujeito á mudanças sutis ou não diante das situações que vivenciamos em nosso dia a dia.O engraçado é perceber como as coisas mudam rápido , mas as mentalidades ou simplesmente a retórica das pessoas permanecem...ou brigam em permanecer iguais... mesmo que a situação não mostre o que realmente se declara... As pessoas mudam...todos os dias , estão em constante sobrevivência e atualização das espécies.Infelismente, as vezes , existem mudanças que não são pára melhor...por exemplo, a juventude que parece estar rendida a situação social sem grandes revoluções ou argumentações... Mas eu que fui uma cara pintada ainda me encontro em constante indignação ao saber que Collor está no Senado ...e ... tudo bem...???? Mas o mundo anda mais colorido... rsrs tem Restart e afins... a nova galerinha tem focalizado suas referências em algo que de certa forma tenha resultados mais rápidos...tipo ir na loja e comprar uma calça verde - limão??? e quem quiser que atire a primeira pedra... quem pode tirar a razão deles??? rsrsr A conclusão que chego é que : Cada um se recicla do seu jeito...mas parado ninguém fica..."a natureza encontra um jeito".


“ Quando digo o que sou, de alguma forma eu o faço para também dizer o que não sou. O não ser está no avesso do ser, assim como o tecido só é tecido porque há um avesso que o nega, não sendo outro, mas complementando-o. O que não sou também é uma forma de ser.
Eu sou eu e meus avessos.”


“...Dos relacionamentos que você já teve, quais foram as ocasiões em que verdadeiramente você foi modificado para melhor?
Será que você é lembrança doída na vida de alguém? Será que já construiu cativeiros? Ou será que já viveu em algum?
Sejam quais forem as respostas, não tenha medo delas. Perguntar-se é uma maneira interessante de se descobrir como pessoa, pois as perguntas são pontes que nos favorecem travessias”


" existem pessoas que nos roubam e existem pessoas que nos devolvem"


TRECHOS DO LIVRO;"Quem me roubou de mim" (Fábio de Melo)
Postar um comentário

Seguidores

Maukie - the virtual cat